Ponto de Cultura “Cohabitarte – Ecologias Comunitárias”: permacultura lúdica

No dia 31 de Julho, próxima sexta, vamos ter mais um evento pelo Ponto de Cultura”Cohabitarte – Ecologias Comunitárias”: permacultura lúdica, dessa vez vamos fazer plantações – vamos replantar pés de abóboras e tomates que nasceram na nossa composteira – será um dia bem interessante, pois trabalharemos a terra antes

26.06.2015 – Ecologias Comunitárias: “Na trilha da composteira”

Através do Ponto do Cultura “Cohabitarte – Ecologias Comunitárias” o Coletivo Alma desenvolve diversas atividades, como: colheita urbana, na trilha da composteira, minhocário, encontros de estudos e práticas, permacultura lúdica.. todas as sextas temos encontros no Barracão do Coletivo Alma.

 

 

 

 

 

Encontros Comunitários

Seguindo com as ações das Ecologias Comunitárias e dando vazão aos afazeres, digamos, agrícolas, cá estamos na Cohab 2, tocando nossa composteira, plantando mudinhas, colhendo café nos arredores das avenidas, cuidando do minhocário…

Todas as sextas temos encontros comunitários, no Coletivo Alma. Só chegar!

Av. Prof. João Batista Conti, 1.445 (antigo 1271),

Na trilha da composteira: cultura da minhoca

Na sexta, 12 de Junho de 2015, o Ponto de Cultura “Cohabitarte – Ecologias Comunitárias” promoveu o encontro com a comunidade através das atividades relacionadas com a composteira.

Também fizemos o “minhocário”, processo de reciclagem do “lixo” orgânico, com as minhocas em ação, transformando os restos de alimentos em adubos.

Na trilha da composteira

Na próxima sexta, 05 de junho de 2015, começando as 9 horas, o Coletivo Alma, através do Ponto de Cultura Cohabiarte – Ecologias Comunitárias, convida para o encontro comunitário, com o mutirão da composteira.

Para quem quiser chegar, estaremos na espera, com um café da manhã e depois um almoço com

Na trilha da composteira: encontros comunitários

Seguimos nossa trilha, da composteira, da palmeira, da germinação de semente de pinhão, dos encontros com as amigas e amigos, das trocas de experiências…

Todas as sextas, a partir das 9 horas, estaremos na nossa trilha. Quem tiver vontade, soma com a gente.

 

 

Na trilha da composteira

Todas as sextas temos encontro no espaço do Coletivo Alma para trilharmos a composteira e ampliarmos nossos sentidos, com plantios, germinação das sementes de pinhão e a manutenção da composteira.

Esperamos vocês nessa lúdica atividade das ecologias comunitárias.

Barracão do Coletivo Alma

Av. Prof. João Batista Conti, 1.445 (antigo 1271), fundos (salas E,

Encontros

Por Aldo Goiti

Caros amigos

Ainda não chegamos a preparar o solo para a Palmeira, mas houve um bom começo. Tomamos na prática conhecimento do solo, e fora isso, nos divertimos no trabalho, na presença dos amigos. A turma é viva e, nos poucos 120 minutos de trabalho, fizeram o que fora

CohabitArte- Ecologias Comunitárias

Na trilha da composteira –

Através de ações simples, reunindo a comunidade, com mutirões, tomando um café, preparando um doce de abobora e cuidando da nossa casa.

O Coletivo Alma, com o ponto de cultura CohabiArte – Ecologias Comunitárias, está propondo diversas ações na sua área de atuação: Conjunto José Bonifácio, Cohab

Na trilha da composteira

Olá galera, seguimos com nosso mutirão socioculturalecológico reafirmando nossos valores periféricos, cuidando da nossa casa e atingindo o bem estar de colocar as mão na terra.

A construção da composteira no Barracão do Coletivo Alma está tomando formas significativas no nosso cotidiano.

Vamos aproveitar o dia e também dar uma força no replantio

Mutirão de construção da composteira

O Ponto de Cultura “Cohabitarte – Ecologias Comunitárias” convida tod@s para o mutirão de construção da composteira, quem tiver vontade só chegar, nessa sexta, 08 de Maio de 2015, às 10 horas.

– Barracão do Coletivo Alma: – Av. Prof. João Batista Conti, 1.445 (antigo 1271), fundos (salas E, F e

Seguindo na trilha da composteira

Na sexta, 1º de maio, retomamos nossas atividades com a construção da composteira. Com a ajuda do nosso mentor, Aldo Goiti, seguimos com as mãos na terra, construindo, aos poucos, nossa composteira.

Pouco a pouco, as transformações vão se apresentando em forma de novas vidas, como um cogumelo que ali estava.

Lembrando